29 dezembro, 2013

2013.12.29 Santa Marinha de Joane


Olá amigos.
Este fim de semana fomos dar o último passeio do ano. O mau tempo deu uma folga e tivemos um solzinho envergonhado. No sábado, o candidato a "conselheiro" sugeriu irmos até Santa Marinha, mas como ele não manda, respondi-lhe que o destino era Santa Marinha mas o guia só era escolhido no dia. O Costa, disse que o presidente só mandava nos passeios oficiais e eu digo-lhe: estás perdoado porque não sabes o que dizes.
Assim sendo, e adoentado dos pulmões, lá apareci para pôr ordem. Vamos a Santa Marinha! - disse.
Mais uma vez, o Gusto (Candidato a "Conselheiro"), e Pedro ("Voz da razão"?) escolheram o caminho à rebelia e seguiram em direção à Sra da Saúde. Alguma risota por Santa Marinha ser na direção oposta e lá seguimos pelos montes da pedreira de Airão e monte que fica entre São Vale de Cosme e Joane tendo saído à EN206 depois de Joane. Pelo caminho ouvimos o Gusto a dizer que íamos passar na casa de Camilo (Castelo Branco). Não passamos mas estivemos perto. Voltamos às Taipas pela EN passando por Joane e chegamos pouco antes do meio dia. Muitas queixas do Costa que não teve pernas para tanto esforço!!!!! Para a próxima não queiras ser rebelde. Aprende.
Para compensar, fomos beber um copo (ou 2) à SEDE e o gusto fez a gentileza de pagar. Bonito!!!
Foi um excelente passeio em que nos divertimos à brava e desta vez o Gusto não inventou caminhos sem saída (para variar). Muitos parabéns pela novidade.
Fizemos 34km.
Carlos Silva

22 dezembro, 2013

2013.12.22 Presépios de Garfe e SEDE (+)

O Antes e o depois do passeio. Deixo os comentários para os leitores.
Carlos Silva

2013.12.22 Volta dos presépios em Garfe e inauguração da SEDE

Olá camaradas,
No próximo domingo, vamos dar o passeio por Garfe e apreciar os presépios. Após o passeio, vamos ter a inauguração da SEDE (placa) com um Porto e Pão de Ló.
Há todos os motivos para aparecer.
Carlos Silva


Resumo:

Boa adesão ao evento: 19 elementos. Depois do Sr. Pereira receber o "money" para pagar os seguros individuais na ACM, fizemos uma foto de grupo. Com o destino Garfe no horizonte e a avaria do menisco do Álvaro, ficou o António Mendes encarregue de fazer um percurso soft para chegarmos cedo. A chuva era pouca mas fria e à medida que subíamos para Gonça, ela aumentava de intensidade e a coisa ficou mais difícil que o previsto. À avaria do álvaro, juntou-se a do pedaleiro do Guia António Mendes. Sem grandes precalços, lá chegamos a Garfe onde apreciamos o magnífico trabalho daquelas gentes. Parabéns!!
Com toda a gente a queixar-se do frio e da chuva voltamos por estrada até à Pastelaria Europa 2 (SEDE) e aquecemos com uns camarões (fornecidos pelo colega Rui), bebemos um Porto (Ricardo Freitas) e mais Porto, pão de ló e bolo Rei oferecidos pela casa.
Após o "aquecimento" destapou-se o quadro alusivo aos CaminhosFracosBTT que passou a figurar nas paredes do estabelecimento Pastelaria Europa 2 (SEDE).
Carlos Silva

15 dezembro, 2013

2013.12.15 Volta da Cavaca e da Ginja


A volta de hoje foi bastante divertida.
Após o pequeno almoço na nossa futura SEDE OFICIAL, tivemos o primeiro precalço: O Daniel estava com falta de ar nas suas rodas Ambrosio 27,5". Como o patrocinador que fornece o Ar (Mendes) estava a curar da ressaca do dia anterior (Noturno solidário em Silvares) e não apareceu, tivemos de ir à Bomba de gasolina. Verificado o problema com a válvula (tubeless) toca a colocar uma câmara que também estava com problema na válvula mas que deu para desenrascar. A temperatura era baixa, 4ºC, mas assim é que é fixe. Assim, pouco depois das 9h00 partimos em direção ao Sto António com destino ao Sameiro onde nos aguardava o reforço: cavacas e ginjinha de óbidos. Maravilha. A boa disposição foi dominante.
Após o repasto, e como alguns só tinham licença até às 11h00, o primeiro a desertar foi o Batista, na curva dos Padres. Aí já vinha o Nel Mendes de pernas abertas (Cepo encravado) e antes do restaurante mais alguns desertores. Dos que sobraram, ainda fomos até ao Hotel da Falperra, descemoa à quinta da Granja, passamoa por Sande e ainda fomos dar uma perninha ao Castro Sabroso voltando às Taipas pelo Avepark.
Chegamos pouco depois das 12h00 com pouco mais de 30 km e 16ºC de temperatura ambiente.

Carlos Silva

06 dezembro, 2013

2013.12.07 Comemoração dos 12 anos dos Caminhos Fracos


Caros amigos,
Para quem conseguir chegar aqui, pois o DNS não está a funcionar como devia, amanhã, sábado, temos passeio de BTT com saída da SEDE às 14h30 e jantar na quinta das laranjeiras às 20h00. A ementa é rojões e o preço 12,50 Euros (aproximadamente).


Rescaldo do dia:
Depois de um passeio com 8 elementos em que se fez o tradicional passeio com passagem pela Srª da Saúde, Balazar, Falperra, Sameiro, Sto António e volta às Taipas, seguiu-se o esperado Jantar de comemoração. Neste compareceram 17 elementos e reinou o convívio e boa disposição com o local a proporcionar bons momentos.
Havia um casamento, havia outro aniversário, mas o nosso era o mais importante (para nós, claro!).
Após o jantar fez-se um balanço da presidência do Miguel em que se reconheu o bom trabalho efetuado.
Para o próximo ano, foi eleito por unanimidade dos presentes, o novo "presidente" Carlos Silva ("Professor").

Carlos Silva

01 dezembro, 2013

2013.12.01 Crónica do Morgado

Este FDS a crónica do passeio foi feita pelo camarada Carlos Morgado e que passo transcrever:


"Domingo, 1 de Dezembro, 8:15 horas da manhã, um bando de homens, em collants, juntos a tomar o pequeno-almoço e já a combinar um jantar. Assim começa o domingo dos membros dos Caminhos Fracos. Algum dia isto tinha que ser dito publicamente… já está!
Todos mais descansados do que no domingo anterior, já que o J compareceu (com a sua nova amiga) e assim o Daniel já não ia demorar tanto tempo a afinar a cabrita, lá saímos para a estrada com o Miguel a liderar. Quer dizer, mais o menos a liderar, já que o Gusto decidiu dar uma folga à Beira (alguém ouviu falar esta semana de problemas naquela região moçambicana?) e veio dar a oportunidade a todos de valorizarem devidamente a calma que nas semanas anteriores conseguimos viver. Enfim…
Volta e mais volta, furo aqui, escorregão acolá, dedos congelados, ninguém a dar ouvidos ao Sr. Pereira e a metermo-nos por caminhos intransitáveis (e a voltar para trás), a estreia mundial de um BTTista a terminar uma subida ingreme, em terra, a segurar a bike só com uma mão e ao pé-coxinho (devia ser por ir com ela à mão!) e lá fizemos 35 km em 3 horas. Não foi mau."
PS: Esta crónica foi censurada pelo lápis azul.

Resta acrescentar que foram para o "vulcão" de Gonça e a amiga do J é uma Lynx 29er.